ano do dragão

Ano do Dragão e as novas perspectivas para os negócios internacionais 

Você sabe o que é o ano do dragão e quais são as perspectivas desse tema para os negócios internacionais?  

Os chineses comemoram o ano novo de uma forma diferente que os ocidentais. Suas festividades, celebrações e práticas culturais são bem distintas.  

Sem dúvidas, você conhece a importância que a relação comercial com a China tem para o Brasil. Porém, as comemorações do ano novo chinês podem trazer problemas para as importações e exportações brasileiras, se as empresas não se prepararem para este período.  

Hoje, conheceremos um pouco sobre essas diferenças. Veremos ainda como as festividades chinesas podem impactar o comércio exterior brasileiro, tanto na importação quanto na exportação. 

O que é o ano do dragão?  

Antes de tudo, precisamos entender o que é o ano do dragão, também conhecido como ano novo lunar ou ano novo chinês. Trata-se de uma das mais importantes celebrações do calendário chinês que, desde a época da dinastia Han (202 a.C. a 220 d.C.), é baseado no ciclo lunar.  

Este é um momento muito festivo, no qual as pessoas viajam para se reunirem com seus familiares e compartilharem presentes.   

As pessoas também costumam pendurar lanternas vermelhas e participar de desfiles temáticos, de acordo com o animal do zodíaco que representa aquele ano.  

O zodíaco chinês compreende um ciclo de doze animais, que representam os anos. O próximo ano chinês acontecerá no período entre 10 de fevereiro de 2024 e 28 de janeiro de 2025 e será o ano do dragão.  

Na astrologia chinesa, o dragão é considerado o animal mais poderoso de todos, que representa não apenas força e ação, mas também prosperidade e sabedoria.  

O ano anterior (2023), por exemplo, era o ano do coelho, e o ano posterior (2025) será o ano da serpente.   

Aqui temos o ponto que nos guiará hoje: enquanto no Brasil, as empresas operam com menos funcionários no fim de ano, na China, elas param completamente.  

Oficialmente, o feriado do ano novo dura três dias, mas é comum que as indústrias e empresas de grande porte fiquem completamente fechadas durante uma semana. Tal período é chamado de Semana Dourada

 

Como o ano do dragão influencia as importações vindas da China?  

Vamos entender agora como o ano do dragão influencia as importações brasileiras oriundas da China.  

Como adiantamos anteriormente, durante as comemorações de ano novo, as empresas e indústrias fecham completamente suas portas por cerca de duas semanas, e os portos e aeroportos operam com capacidade reduzida.  

Por consequência, as importações e exportações ficam paralisadas durante este período. E, devido à importância da China e ao fluxo chinês no comércio exterior brasileiro, as empresas precisam se preparar e se planejar para o período.  

Abaixo, vamos conhecer as consequências do ano do dragão nas importações brasileiras.  

Atrasos na produção e nos despachos  

Podem ocorrer atrasos na produção e na prontidão de carga das mercadorias chinesas, visto que as fábricas deixam de operar durante as comemorações. Logo, os pedidos feitos neste período podem contar com lead time maior do que usual.  

Além disso, pedidos anteriores aos feriados podem atrasar e demorar para serem enviados, em virtude das filas e congestionamentos nos portos e aeroportos.  

Isso significa que os importadores que deixarem seus pedidos para datas próximas ao feriado podem enfrentar atrasos e, inclusive, aumentos da demanda e dos preços.  

A fim de evitar esses percalços no transporte internacional que, muitas vezes, significam perda de dinheiro, as importadoras brasileiras e demais empresas que contam com fornecedores chineses precisam se preparar antecipadamente.   

Para isso, é necessário haver um acompanhamento do estoque e da demanda de seus produtos. Dessa forma, ao fazer um planejamento para o período, a empresa poderá antecipar suas encomendas.  

Assim, ela não corre o risco de sofrer atrasos nos pedidos, nem terá problemas de estoque.  

Elevação nos custos de transportes  

Em segundo lugar, no período das comemorações do ano novo chinês, é comum haver elevação nos custos de transportes.  

Nas semanas anteriores ao feriado, aumenta-se a demanda pelo transporte aéreo e marítimo. Então, a precificação dos fretes internacionais sofre impactos da lei de oferta e demanda.  

Outro problema que pode surgir no período é a falta de contêineres, que ocorre devido ao grande fluxo de transporte. Aqui, assim como vimos há pouco, a solução para você, importador, é o planejamento.  

Você precisa antecipar seus pedidos, para que seu estoque de produtos e/ou de insumos já esteja devidamente abastecido quando os preços começarem a aumentar.  

Qual o impacto do ano do dragão nas exportações para a China?  

Por fim, vamos conhecer os impactos do ano do dragão nas exportações brasileiras para a China.  

Enquanto nas importações os pedidos envolvem aumento da demanda, atrasos na produção e elevação dos custos de transporte, nas exportações os impactos são outros.  

Interrupção na comunicação  

Em primeiro lugar, temos a dificuldades na comunicação com os importadores chineses.   

Como sabemos, durante as comemorações do ano do dragão, as indústrias e empresas chinesas fecharão completamente.  

Isso quer dizer que seus empregados não vão dar continuidade às importações iniciadas antes do feriado, nem seguir com novas negociações internacionais. Essa interrupção na comunicação entre importadores e exportadores pode diminuir o fluxo de trabalho das equipes comerciais das exportadoras brasileiras.  

Para evitar impactos na sua operação, é necessário estabelecer uma comunicação recorrente e honesta com o cliente internacional antes desse período. 

Assim, você poderá se preparar para as interrupções na comunicação.  

Redução de pedidos  

Em segundo lugar, temos a redução de pedidos dos importadores chineses.  

Sabemos que os principais produtos exportados pelo Brasil para a China são commodities agrícolas. Aqui, novamente, a grande chave é ter uma boa comunicação com o cliente.  

Você poderá se programar e se adequar de acordo com as necessidades dele, evitando perdas financeiras em sua empresa. 

Conte com a Navcargo para garantir suas importações  

Você sabia que, com a Navcargo, as suas importações podem assumir um novo patamar de excelência?  

Cuidamos de todas as etapas do transporte internacional de cargas da sua empresa, não só a logística, como também o despacho aduaneiro.  

Atuando há mais de uma década, contamos com uma equipe de profissionais experientes para oferecer a solução ideal para a sua operação de comércio exterior.   

Somos especializados em re-importação, habilitação no RADAR e regimes especiais.  

Independentemente dos problemas, oferecemos soluções que estejam em conformidade com o contexto da sua empresa.  

Conheça mais sobre nossa atuação em nosso site e nos contate para uma conversa inicial! 

Share:
blog

Posts relacionados

Acesse nosso blog e acompanhe nossas notícias semanais.

Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *